Aparelho israelense controla evolução do coronavírus com autoexame

Estamos diante de uma pandemia ainda sem controle e pouco conhecimento das proporções que pode tomar, inclusive no Brasil, onde ainda está em fase inicial de contágio. O controle  do COVID-19 depende muito do comportamento da população, que deve evitar aglomerações, eventos públicos, entre outros.

Por tanto, nem todo caso precisa de internação,  e o recomendado é a quarentena, com isso alguns cuidados podem e devem ser feitos em casa, garantindo também a segurança dos demais que estiverem em contato com uma pessoa contaminada. Mas como é possível fazer um acompanhamento seguro em casa?

A CNOGA MEDICAL, empresa Israelense especializada em desenvolver tecnologias para área médica, desenvolveu o MTX, um aparelho compacto que faz o acompanhamento da evolução ou regressão da doença. A partir de um toque no aparelho é possível avaliar a situação do paciente e imediatamente avisar os órgãos competentes, caso haja necessidade de internação.

Os parâmetros medidos indica imediatamente a progressão do coronavirus no paciente. A tecnologia aplicada usa a oximetria de pulso,  leitura de pressão arterial, grau de acidez no sangue e batimentos cardíacos, criando imediatamente um relatório de risco e estatística da população em tempo real. O MTX já foi aprovado pelo Inmetro e Anvisa e está sendo usado na China e em Israel para avaliação do coronavirus e controle dos pacientes.

Aqui no Brasil já está disponível para locação e um único aparelho, se esterilizado, pode fazer o acompanhamento de diversas pessoas contaminadas.

Para saber mais, deixo a disposição para entrevistas o presidente da empresa, ZIV Gilboa, que está no país implantando os aparelhos.

← Empresa israelense cria nova solução poderosa para lavar as mãos que pode destruir o coronavírus Startup israelense-brasileira cria um sistema que mostra risco ao coronavírus →

Leave A Reply

Leave A Reply