COVID-19: pacientes em estado grave são curados com tratamento experimental em Israel

Newsletter 05 Out 2020

Pacientes graves contaminados com COVID-19 se recuperaram da doença em poucos dias após receberem o tratamento experimental, Allocetra, elaborado pela empresa israelense de imunoterapia Enlivex Therapeutics e aplicado nas dependências do Hospital Hadassah Ein Kerem de Jerusalém.

Durante o experimento, três pacientes em estado grave tiveram alta hospitalar 5,5 dias após receberem o tratamento. Dois outros pacientes em estado crítico tiveram alta após 8,5 dias. Todos os pacientes testaram negativo para a doença quando foram liberados.

Em nota, a empresa comunicou: “Não houve relatos de eventos adversos graves relacionados à administração de AllocetraTM nos pacientes, e a terapia foi bem tolerada.”

A Enlivex espera que a sua terapia possa se tornar um tratamento para casos mais graves. O Allocetra trata a super resposta do sistema imunológico que, às vezes, é vista em pacientes com COVID-19, chamada de tempestade de citocinas. O fenômeno pode causar ataques graves do sistema imunológico aos próprios órgãos do corpo, causando a sua falência e, às vezes, morte.

As citocinas são proteínas usadas na sinalização celular. Elas convocam as células do sistema imunológico durante uma resposta imunológica. As tempestades de citocinas são respostas complexas do corpo que envolvem vários sistemas biológicos reagindo e interagindo ao mesmo tempo. Por isso, são tão difíceis de serem debeladas.

De acordo com Enlivex, o Allocetra usa os próprios mecanismos de regulação do corpo para conter a tempestade, sem prejudicar o sistema imunológico. O tratamento infunde bilhões de células  mortas na corrente sanguínea. Macrófagos e células dendríticas, os primeiros respondedores do corpo, se alimentam dessas células apoptóticas, liberando menos sinais de alerta de citocinas e acalmando a tempestade.

A empresa já havia demonstrado a segurança do medicamento no tratamento de um pequeno grupo de pacientes com sepse e agora planeja lançar testes clínicos de Fase II para pacientes com coronavírus em estado grave ou crítico.

Fundada em 2005, a Enlivex é uma empresa de medicamentos de imunoterapia em estágio clínico, com foco no equilíbrio do sistema imunológico. O Allocetra é o tratamento líder da empresa e o mais avançado em testes.

Fonte: Menorah Brasil

← Governo israelense incentiva avanço científico em maconha Clube árabe contrata meio-campista israelense Saba em acordo histórico →

Leave A Reply

Comments are closed