Empresa israelense assina acordo com a Boeing para desenvolvimento de aeronave VTOL

A empresa israelense, Tactical Robotics, assinou um acordo de parceria com a Boeing para estudar o desenvolvimento da tecnologia de propulsão por fans a ser implementada em aeronaves pilotadas e autônomas de decolagem e aterrissagem vertical (VTOL).

“O relacionamento entre a Boeing e Israel remonta cerca de 70 anos e, durante esse período, a Boeing tem uma longa história de trabalho em parceria com os setores técnico e industrial de Israel”, disse Dennis D. Swanson, vice-presidente de vendas internacionais da Boeing.

“Este MOU com a Tactical Robotics se baseia no compromisso da Boeing em desenvolver e investir em tecnologias inovadoras que levam a aeronaves seguras e confiáveis ??em todo o mundo”.

Como parte da parceria, as duas empresas irão explorar e determinar quais são as oportunidades que podem surgir com o desenvolvimento, produção e comercialização de “carros voadores” VTOL, incluindo o veículo autônomo Cormorant da empresa israelense.

O Cormorant é uma aeronave VTOL não tripulada e de motor único que se assemelha a um carro voador.

É alimentado por rotores de elevação internos que permitem que a aeronave voe, decole e aterre em áreas que outros helicópteros, tiltrotores e aeronaves de asa fixa não podem. Devido ao seu tamanho relativamente pequeno e à capacidade de voar em áreas montanhosas, urbanas e florestadas, o Cormorant pode revolucionar a maneira como os militares destacam e resgatam suas tropas.

O carro voador tem uma alta capacidade de carga útil e espaço suficiente para transportar até duas pessoas feridas. Ele pode voar na maioria das condições climáticas e pode ter um sistema de paraquedas balístico opcional, instalado no caso de ocorrer um mau funcionamento improvável.

“O Cormorant representa o primeiro de uma família de aeronaves de decolagem e aterrissagem verticais que podem voar e pousar onde nenhuma outra aeronave pode”, disse o CEO da empresa-mãe da Tactical Robotic, a Urban Aeronautics. “Não podemos pensar em um parceiro melhor do que a Boeing para nos ajudar a desenvolver este produto e utilizar a tecnologia Fancraft em todo o seu potencial”.

Fonte: Cavok

← Israel fortalece a revolução da energia limpa Em 90 dias, cientistas israelenses podem lançar vacina para o Coronavírus →

Leave A Reply

Comments are closed