Esta robôzinha quer ser a melhor amiga dos idosos

Newsletter 14 Mar 2019

Envelhecer não é fácil. Os filhos se afastam, os netos pouco querem sua atenção e as companhias mais próximas começam a ser levadas pelo tempo. Faz parte, é do roteiro da vida, mas isso não deixa toda a situação menos dolorosa. Pensando no quão solitária pode ser a vida dessa população, uma startup resolveu inventar uma solução.

A empresa se chama Intuition Robotics, fundada e sediada em Israel. Ela é responsável pela criação do robôzinho Elli-Q, essa adorável “criatura” aí na foto, inspirada no icônico abajur da Pixar. A Elli-Q nasceu com um propósito simples: tornar a vida das pessoas idosas mais agradável.

Fundada há somente três anos pelo empresário Dor Skuler, a Intuition Robotics é uma startup israelense especializada em inteligência artificial (AI). A empresa acaba de passar por um importante momento em sua história. Saiu da fase de testes para a pré-venda. Foram quase dois anos treinando a inteligência da Elli-Q com idosos pelo mundo.

Em seu vídeo promocional – que Skuler afirma não ser roteirizado – uma senhora de 97 anos descreve a robô como uma parceira de longa data. “Estamos aprendendo tudo juntas”, diz no vídeo. Isso, de fato, não é exagero. Por característica, inteligências artificiais tendem a evoluir com o tempo. Quanto mais informação, mais acurada é a interação.

Não só: a Intuition Robotics entende que esse tipo de IA não pode ser somente eficiente. É preciso carisma e empatia. Afinal, a startup visa atender um público específico, passando por uma fase complicada. Dito isso, durante o teste realizado para jornalistas em Tel Aviv, Israel, Elli-Q se mostrou capaz de atender diferentes pedidos.

A robô ainda sugere que as senhoras e senhores tomem água, tirem fotos e vejam determinados vídeos. “Você sabia que o pescoço de um girafa tem a mesma quantidade de ossos de um ser humano?”, diz Elli-Q, que em seguida reproduz um vídeo no YouTube sobre o tema.

O produto, no entanto, não pode ser considerado dos mais acessíveis. Uma “criatura”, como chama Skuler, sai por US$ 1500 (cerca de R$ 5800), além de uma assinatura mensal de US$ 35, aproximadamente R$ 135. Funcionários treinados serão responsáveis pela instalação do produto, que deve chegar ao mercado norte-americano até o final do ano. O objetivo é que a Elli-Q também seja comercializada no Japão ainda este ano.

Inteligência artificial – e emocional
Outra novidade divulgada pela empresa durante visita de Época NEGÓCIOS ao seu escritório em Tel Aviv foi a de que há mais do que a Elli-Q na Innovation Robotics. A empresa acaba de lançar um novo serviço, focado na indústria automobilística.

É uma inteligência artificial para carros autônomos, em parceria com a fabricante japonesa Toyota. Sem divulgar detalhes da operação, Skuler afirmou que sua startup será responsável por desenvolver a AI dos carros autônomos japoneses. Seu diferencial, alega o empreendedor, será a empatia e a capacidade de distinguir as pessoas dentro do carro.

“O computador de bordo saberá dizer quem está dirigindo, tratando as pessoas customizadamente”, afirma. Skuler não revelou quando o primeiro protótipo deve ser lançado, mas disse: “A indústria automobilística se move depressa nessa direção.”

Fonte: Época Negócios

← Gigantes de energia solar abrem canais de vendas no Brasil Empresa israelense de chips de alta performance é comprada pela NVIDIA →

Leave A Reply

Comments are closed