Grupo Alliar fecha acordo com empresa israelense de Machine Learning

Newsletter 30 Out 2020

Foto: Grupo Alliar

Diante de um provável aumento de demanda por exames de imagem neste segundo semestre, represados pela quarentena da Covid-19, o Grupo Alliar, presente em 10 estados com marcas como CDB (São Paulo), Axial (Minas Gerais) e Delfin (Bahia), assinou acordo de exclusividade com a empresa israelense Medic Vision para o uso do IQMR (Intelligent Quick Magnetic Resonance), que permite exames de ressonância magnética de 20% a 40% mais rápidos.

O acordo com os israelenses garante exclusividade em toda a América Latina para a Alliar. A tecnologia já é referência nos Estados Unidos e China, além de Israel. O IQMR foi aprovado em 2018 pela Food and Drug Administration (FDA). Utiliza algoritmos de Machine Learning para aprimorar imagens de ressonâncias de qualquer fornecedor e modelo. Explora e usa semelhanças entre cortes e entre vários contrastes no mesmo exame para melhorar e acelerar as imagens.

Essa tecnologia já é utilizada mundialmente em cerca de 500 centros de saúde de referência: Hospital Geral de Massachusetts (EUA), Cleveland Clinic (EUA), Alliance Imaging (EUA), Hillel-Yafe Medical Center (Israel), University of Kanazawa Medical Center (Japão), Hospital Universitário Yamaguchi (Japão) e Health100 (China), entre outros.

“Esse ganho de eficiência irá beneficiar imensamente os pacientes, claro, mas também a própria Alliar”, afirma Sami Foguel, CEO da Alliar. Isso porque o IQMR é a nova aposta da Alliar para acelerar a disseminação da iDR (Inteligência Diagnóstica Remota), healthtech B2B de soluções tecnológicas em exames.

FONTE: Medicina SA.

← Produção de carne no espaço será possível graças a empresa israelense. Executivos relataram como as empresas se reinventaram durante a pandemia em live da Câmara Brasil-Israel →

Leave A Reply

Comments are closed