Israel aproveita sua capacidade de P&D na corrida pelo 5G

Qual é a linha comum que une carros autônomos e conectados, soluções digitais de saúde, robótica, Internet das Coisas e tecnologias de cidades inteligentes – além de um espírito compartilhado de inovação? Para atingir todo o seu potencial, cada um exigirá uma infraestrutura de rede que permita o processamento e a transferência de grandes quantidades de dados em velocidades ultra-altas – e é por isso que a implantação da tecnologia de rede celular de quinta geração (5G) será crucial.

Em julho, o Ministério das Comunicações de Israel anunciou o leilão do país para frequências 5G, com até 500 milhões de NIS (quase US $ 150 milhões) em incentivos para as empresas acelerarem seus investimentos na tecnologia.

Mas as contribuições de Israel à tecnologia 5G se estenderão muito além das fronteiras da Nação Start-Up. As proezas de P&D do país estão abrindo caminho para avanços na tecnologia 5G e lançando bases vitais para a próxima infraestrutura da quinta geração. Por meio de iniciativas como o Consórcio Heron, uma colaboração entre 13 parceiros industriais e 15 equipes de pesquisa em seis instituições acadêmicas – os inovadores israelenses estão trabalhando intensamente para construir a arquitetura de rede necessária para o 5G transformar a conectividade.

Além disso, as empresas de serviços de rede de ponta estão liderando o desenvolvimento de soluções que serão cruciais para dar suporte à arquitetura 5G. Veja alguns dos principais inovadores do país no espaço:

  • Em meio à crescente demanda por serviços de rede, a solução Network Cloud da empresa de software de rede Drivenets foi projetada para ajudar os provedores de serviços de comunicação a atender a demanda de maneira econômica em escala – permitindo que os provedores de serviços resolvam problemas críticos como a implantação 5G. A empresa garantiu US$ 117 milhões em financiamento este ano.
  • Em maio, a Gilat Satellite Networks, negociada na NASDAQ, foi pioneira na primeira demonstração de conectividade 5G em um satélite Low Earth Orbit (LEO). O teste, realizado com uma operadora européia de nível 1, contou com bate-papo por vídeo, navegação na Web e streaming de vídeo, e foi realizado através de um modem Gilat de alto rendimento. Desde a sua fundação, em 1987, a Gilat já enviou mais de 750.000 VSATs para operadoras de rede em 85 países.
  • Fundada em 2015, a RunEl foi lançada por alguns dos principais pioneiros da infraestrutura de rede 4G. O chipset Sparq-2020 de latência ultrabaixa da empresa foi projetado com uma ampla gama de futuras aplicações 5G em mente, incluindo carros conectados, cirurgia remota, AR e VR, comunicação por drone, jogos e automação industrial.

Ao oferecer velocidades cerca de 20 vezes mais rápidas que o 4G, o 5G dará lugar a mudanças drásticas em inúmeras indústrias, transformando os sonhos de alta tecnologia de hoje na realidade de amanhã. Não é de surpreender, portanto, que inovadores em todo o mundo estejam aguardando ansiosamente a implantação do 5G – e é ainda menos surpreendente que a tecnologia israelense tenha um papel significativo em tornar isso possível.

Fonte: Israel Trade

← Esta empresa criou uma inteligência artificial que funciona como a humana Está vendo esse mouse? Custou US$ 15 e pode se infiltrar na sua rede →

Leave A Reply

Comments are closed