Israel é 1° colocado em investimento de P&D.

Negócios 12 Set 2014
Israel é 1° colocado em investimento de P&D.

O investimento em pesquisa e desenvolvimento é essencial para que as empresas aumentem sua receita e garantam, assim, um destaque no mercado.

Criar um diferencial competitivo e inserir-se no mercado internacional como exportador de produtos com alta tecnologia é um desafio assumido com ainda mais vigor pelo Brasil a partir de 2008, quando a Confederação Nacional da Indústria lançou a Mobilização Empresarial pela Inovação. A iniciativa busca estimular a estratégia inovadora das empresas brasileiras e ampliar a efetividade das políticas de apoio à inovação – uma medida que depende, invariavelmente, de investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D).

Israel, atualmente, investe cerca de 4,2% de seu Produto Interno Bruto em P&D, enquanto no Brasil essa relação é de 1,3%. E já foi menor. Em 2004, segundo a Pesquisa de Inovação realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o índice era de apenas 0,9%. Um avanço, portanto, que já se reflete em medidas como a criação, no ano passado, da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, por meio da qual o governo financia até um terço do valor total dos projetos de P&D da iniciativa privada aprovados pela instituição.

As empresas que mais avançam no mundo já enxergam na inovação, seja ela na área de produtos, serviços ou negócios uma necessidade competitiva. Por meio dela é possível reduzir custos, conquistar clientes e garantir, assim, um melhor posicionamento de mercado.

 

Israel na Feira do Livro em Frankfurt, Alemanha. Moovit usa tecnologia blumenauense.

Leave A Reply

Comments are closed