Tecnologia israelense de gestão e monitoramento de animais será apresentada durante a FEMAGRI

Evento promovido pela Cooxupé, em Guaxupé, espera mais de 35 mil visitantes na próxima semana

Seguindo o tema da FEMAGRI 2019 “Tecnologia Digital Gerando Valor à Cafeicultura”, o Espaço Pecuária reunirá entre os dias 20 e 22 de fevereiro, em Guaxupé/MG, soluções visando maior produtividade e sustentabilidade no setor.

Expositores de diversas áreas da pecuária estão confirmados no espaço de aproximadamente 1 mil metros quadrados. Entre os destaques está a tecnologia israelense de gestão e monitoramento de animais que possibilita aos criadores o controle da produção, saúde e reprodução do rebanho leiteiro através de softwares de sensores de monitoramento. Denominada AFIMILK®, a novidade será levada para a Feira através da Weizur do Brasil.

A empresa estará no estande Nutrição que tem como foco a ordenha e contará ainda com a parceria da Pura Origem, marca de rações para gado da Cooxupé. Exposições de gado de leite e de corte, representantes de sanidade animal (medicamentos e vacinas), sementes de pastagens, e o Laboratório de Análise Química da cooperativa também estão confirmados.

“Nos preocupamos em levar para os criadores o que há e mais novo no setor e que possa otimizar seus resultados com excelência, desde a ração até o monitoramento digital”, afirmou o responsável pelo Espaço Pecuária e Supervisor de Mercado Agropecuário Cooxupé, Sérgio Ribeiro Cruvinel.

O evento

Ponto de encontro do produtor de café e vitrine das últimas tendências em tecnologia digital, inovações para o campo e insumos agrícolas, a FEMAGRI 2019 (Feira de Máquinas, Implementos e Insumos Agrícolas) reunirá pelo menos 120 expositores, possibilitando a realização de muitos negócios.

Organizada pela Cooxupé e já na 18ª edição, a feira consolidou-se como referência no segmento, movimentando principalmente o Sul de Minas, Cerrado Mineiro e média Mogiana do Estado de São Paulo. Em 2018, a FEMAGRI recebeu cerca de 35 mil visitantes.

Fonte: Cooxupé

← Symantec compra israelense Luminate, de olho em computação em nuvem Tragédia em Brumadinho →

Leave A Reply

Comments are closed